Cansaço excessivo: o que pode ser? Quando ir ao médico?

Sentir-se cansado em certas situações do dia a dia é algo normal para todos, especialmente quando ficamos mais velhos. No entanto, quando esse cansaço passa a ser algo constante e ocorre mesmo sem uma razão clara que justifique, é sinal de que algo não está bem conosco.

Se você (ou alguém próximo) está passando por isso, nos próximos parágrafos vamos explicar tudo o que precisa saber sobre o assunto e quando você deve se preocupar.

Acompanhe!

Quando o cansaço é considerado excessivo?

O cansaço excessivo – também conhecido como fadiga persistente – é caracterizado por uma sensação de cansaço que não melhora com descanso ou sono adequado e interfere significativamente nas atividades diárias e na qualidade de vida

Aqui estão algumas situações em que a sensação de cansaço pode ser considerada excessiva:

Duração prolongada

Se a sensação de cansaço persistir por semanas, mesmo com um bom sono e descanso, pode ser um sinal de cansaço excessivo.

Intensidade severa

Quando o cansaço é tão intenso que interfere nas atividades diárias normais, como trabalho, estudos, ou até mesmo atividades simples, como tomar banho ou preparar uma refeição.

Recorrência frequente

Se a fadiga é constante e ocorre regularmente, sem períodos de alívio, mesmo após períodos de descanso ou férias.

Impacto emocional e cognitivo

Além do cansaço físico, o cansaço excessivo pode afetar o funcionamento emocional e cognitivo, causando irritabilidade, dificuldade de concentração, lapsos de memória e diminuição da capacidade de tomar decisões.

Outros sintomas

O cansaço excessivo muitas vezes está associado a outros sintomas, como dores musculares, dores de cabeça, distúrbios do sono, alterações no apetite e problemas gastrointestinais.

Se você (ou alguém próximo) está experimentando esses sintomas de forma persistente e significativa, é importante procurar orientação médica para investigar as possíveis causas e receber tratamento adequado.

Quais as possíveis causas? 

O cansaço excessivo pode ser causado por uma variedade de fatores, desde problemas de estilo de vida até condições médicas relacionadas. Aqui estão algumas das causas mais comuns:

✅ Má qualidade do sono: Dormir mal – seja devido a distúrbios do sono como insônia, apneia do sono ou simplesmente dormir em um ambiente inadequado – pode levar a sensação de cansaço durante o dia.

✅ Estresse crônico: O estresse prolongado pode esgotar as reservas de energia do corpo e causar fadiga persistente.

✅ Falta de atividade física: Surpreendentemente, a falta de exercício regular pode causar cansaço, já que o exercício ajuda a aumentar a energia e reduzir o cansaço.

✅ Má alimentação: Dietas desequilibradas, pobres em nutrientes essenciais como vitaminas e minerais, podem contribuir para a fadiga.

✅ Distúrbios hormonais: Alterações nos níveis hormonais, como hipotireoidismo (baixa função da tireoide) ou desequilíbrios hormonais em mulheres, podem causar fadiga persistente.

✅ Condições médicas: Doenças crônicas como diabetes, doenças cardíacas, doenças pulmonares, doenças autoimunes e câncer podem causar fadiga como um sintoma.

✅ Distúrbios psicológicos: Depressão, ansiedade, estresse pós-traumático e outros distúrbios psicológicos podem levar à fadiga persistente.

✅ Medicamentos: Certos medicamentos, como antidepressivos, anti-histamínicos, sedativos e alguns medicamentos para pressão arterial, podem causar sonolência e fadiga como efeito colateral.

✅ Consumo excessivo de álcool ou cafeína: O consumo excessivo de álcool pode interferir na qualidade do sono, enquanto o consumo excessivo de cafeína pode levar a picos e quedas de energia ao longo do dia.

✅ Síndrome da fadiga crônica: Uma condição complexa e debilitante caracterizada por fadiga extrema que não é aliviada pelo repouso e pode ser agravada por atividades físicas ou mentais.

Identificar a causa do cansaço excessivo é essencial para determinar o tratamento adequado. Se alguém está sofrendo de fadiga persistente, é importante consultar um médico para avaliação e orientação. 

Confira, a seguir, quais sinais indicam uma maior preocupação e que você deve se consultar com um especialista.

Sinais de que você deve buscar ajuda médica 

Alguns sinais e sintomas indicam que pode se tratar de algo mais sério, que indica a procura por ajuda médica especializada. Confira os principais sinais que você deve observar.

Período prolongado

A duração dessa sensação de cansaço é um dos principais indicadores de que algo mais sério pode estar ocorrendo. Por isso, atenção a isso.

Caso esse cansaço persista por período superior a alguns dias, mesmo com descanso adequado, é um sinal de alerta.

Cansaço após atividades normais

Se você sentir uma fadiga extrema após realizar atividades que normalmente não seriam exaustivas, como subir escadas ou fazer tarefas domésticas leves, isso pode ser um sinal de alerta.

Fadiga que interfere nas atividades diárias

Se o cansaço está interferindo significativamente em suas atividades diárias, como trabalho, estudo, cuidado com a família ou vida social, é importante buscar ajuda médica.

Outros sintomas

Se o cansaço está acompanhado de outros sintomas preocupantes, como febre, perda de peso inexplicada, dores musculares ou articulares persistentes, problemas de memória ou concentração, é essencial consultar um médico.

Alterações no padrão de sono

Se você está tendo problemas para dormir, acorda frequentemente durante a noite ou acorda sem se sentir descansado, isso pode contribuir para o cansaço excessivo e justificar uma avaliação médica.

Mudanças no apetite

Alterações significativas no apetite, como perda ou aumento significativo do apetite, podem indicar problemas subjacentes que requerem atenção médica.

Sintomas emocionais

Se o cansaço está causando irritabilidade, ansiedade, tristeza persistente ou sentimentos de desesperança, é importante falar com um médico ou profissional de saúde mental.

Histórico médico ou familiar relevante

Se você tem um histórico médico ou familiar de condições médicas que podem causar fadiga, como doenças cardíacas, distúrbios da tireoide, diabetes ou câncer, é importante monitorar atentamente seus sintomas e buscar orientação médica quando necessário.

Se você ou alguém que você conhece está experimentando algum desses sinais de alerta, é crucial consultar um médico para avaliação e diagnóstico adequados. 

O diagnóstico precoce e o tratamento das condições subjacentes podem ajudar a gerenciar o cansaço excessivo e melhorar a qualidade de vida.

————————————-

Na hora de buscar uma avaliação médica confiável e atenta para você ou sua família, conte com a Clínica CLAF. Dispomos de profissionais experientes e atenciosos, que darão o tratamento que você precisa e espera.

Se você está em Brasília ou Entorno, clique no link abaixo e venha cuidar da sua saúde conosco!

Quero agendar minha avaliação na CLAF