CLAF

Segunda a Sexta de 7h às 19h
Sábado de 7h às 12h

CLAF

(61) 3345-7679

O médico ginecologista é o responsável pelo cuidado e manutenção da saúde da mulher, abordando uma ampla gama de questões relacionadas ao bem-estar do sistema reprodutivo feminino.
O sistema reprodutivo feminino é composto pela vulva, vagina, útero, trompas uterinas, ovários e mamas.

Quando deve ser realizada a primeira consulta ao ginecologista?

O ideal é que seja realizada logo após a primeira menstruação. Caso não seja feita, é importante que ocorra antes da primeira relação sexual, para orientação de métodos contraceptivos e proteção contra IST’S.

Quais são as atribuições do ginecologista?

O ginecologista acompanha a mulher desde a puberdade até após a menopausa. Ele orienta a higiene íntima adequada; o uso de métodos contraceptivos mais recomendados para a paciente como: contraceptivos hormonais, DIUS, diafragma, Implanon e ainda realiza a teapia de reposição hormonal na menopausa.

Além disso, o ginecologista diagnostica e trata patologias como:

Como é feito o exame ginecológico?

Geralmente o ginecologista pede à paciente que troque a sua roupa por um avental do consultório.
Se a paciente já teve relações sexuais, ele normalmente colherá o exame de Papanicolau para prevenção do câncer de colo uterino e pesquisa do HPV. Isso é feito através da introdução de um aparelho chamado espéculo no canal vaginal, que permite a visualização do colo uterino. Com uma fina escovinha, ele coletará células da superfície e do orifício interno do colo uterino com as quais irá confeccionar uma lâmina para o patologista avaliar.


Em seguida, é realizado o exame de toque vaginal para avaliação do tamanho e mobilidade do útero e ovários. Alguns ginecologistas examinam o colo uterino aplicando um corante e observando o colo do útero através de uma lente específica chamada colposcópio , à procura de lesões.


Estas lesões podem ser tratadas com cremes vaginais e posteriormente cauterizadas em outra consulta.
Algumas vezes, quando a paciente é virgem e apresenta secreção vaginal, a coleta é realizada com um cotonete, se a paciente se sentir segura e assim o permitir. Após o exame vaginal , as mamas são também palpadas para se afastar a presença de nódulos.

Qual o preparo para o exame ginecológico?

Não é necessária depilação. Você pode tomar banho, mas não deve lavar a vagina internamente ; nem utilizar ducha vaginal, pois as secreções devem ser preservadas para a coleta no exame.
Não deve ter relações sexuais três dias antes do exame, para não interferir na coleta do material.
Deve vir com roupa confortável, fácil de ser retirada.


Anote suas dúvidas e a data da sua última menstruação para informar ao médico.
Informações como cólicas menstruais, dores às relações sexuais , alterações no fluxo menstrual , na libido, aparecimento de acne , pelos , aumento de peso e fogachos, sao muito importantes para o seu médico.

De quanto em quanto tempo devo ir ao ginecologista?

Pelo menos uma vez ao ano. O ideal é que seja de 6 em 6 meses .

Quais os exames geralmente solicitados pelo ginecologista?

Depende da sua faixa etária.
Geralmente abaixo dos 40 anos são solicitados Papanicolau, exames de sangue, ultrassom pélvico ou transvaginal, Ultrassom de mamas e de tireoide. Acima de 40 anos : Papanicolau, exames de sangue, ultrassom transvaginal, Ultrassom de abdome total, Ultrassom mamário, ultrassom de tireoide, mamografia; Pós menopausa : os mesmos exames, acrescidos da Densitometria Óssea e Colonoscopia e orientação para ir ao cardiologista.

Posso entrar sozinha na sala do ginecologista?

Sim, os menores têm por lei o direito de entrar ou até agendar sua consulta sem os seus pais . O ginecologista deve manter segredo do que foi abordado no consultório, a não ser em casos de complicações graves que exijam o conhecimento dos responsáveis.

Quais as perguntas o ginecologista fará?

O ginecologista normalmente perguntará sobre a idade em que ocorreu a primeira menstruação, se já teve relações sexuais , qual o método contraceptivo utilizado , se está satisfeita com o método ou pretende mudar e orientará quanto à mudança. Também deve saber se a mulher já teve filhos e quantos filhos , se os partos foram normais ou cesareanas, se houve complicações; como está o fluxo menstrual, a libido , se sente dores às relações sexuais , se tem algum corrimento e quais suas características. É importante que a paciente se sinta confortável e à vontade para responder a esses questionamentos, pois são de grande importância no seu tratamento.

E se eu não me sentir à vontade sozinha com o ginecologista na sala de exames?

A maioria dos ginecologistas tem uma auxiliar que o acompanha durante o exame. Você pode expressar seu desconforto para ele e com certeza ele entenderá e pedirá para uma auxiliar acompanhá- la durante o exame . É bom que você já deixe isso claro no momento da marcação da consulta.

Alguns motivos para agendar uma consulta de urgência com o ginecologista:

Ginecologista em Brasília (DF) – Agendar Consulta

Endereço: Quadra SHLS 716, Conjunto L, Torre 1, Sala 06 e 08, Brasília – DF, 70390-907

Telefone: (61) 3345-7679

CLAF
CLAF
CLAF
CLAF
CLAF
CLAF
CLAF
CLAF

Agende sua consulta conosco!





    contato

    Blog


    Explore nosso blog e descubra artigos informativos sobre saúde e bem-estar.


    Desequilíbrio hormonal: entenda os impactos na saúde e bem-estar

    Desequilíbrio hormonal é o tipo de alteração que pode influenciar praticamente todas as áreas do…

    Vasinhos nas pernas: causas, tratamentos e prevenção

    Apesar de não representarem maiores riscos para a saúde, os vasinhos nas pernas costumam gerar…

    Varizes na gestação: causas e como prevenir!

    Uma condição muito comum durante gestações é o surgimento de varizes e vasos dilatados; e…

    Cansaço excessivo: o que pode ser? Quando ir ao médico?

    Sentir-se cansado em certas situações do dia a dia é algo normal para todos, especialmente…

    Powered By: Clínica da família