Indicação de ginecologista no DF!

Quando o assunto é a saúde da mulher, o(a) ginecologista é uma das principais referências.

Esse(a) profissional é responsável por identificar, avaliar e tratar diversas condições que podem afetar a saúde e a qualidade de vida da mulher, ao longo de toda a vida.

Mesmo com toda essa importância, é comum ouvirmos mulheres se queixarem de que nem sempre é fácil encontrar um(a) profissional adequado ou acessível em sua região, fazendo com que muitas adiem esse cuidado.

Para te ajudar nessa escolha, neste artigo traremos dicas e orientações de como escolher um(a) ginecologista no DF.

Acompanhe!

O que considerar ao procurar um(a) ginecologista

Leia, a seguir, cinco valiosos conselhos que te ajudarão a encontrar o(a) profissional ideal, seja para a realização de uma primeira consulta ou para dar continuidade a um acompanhamento prévio. 

1. Identifique as suas necessidades no momento

A procura por qualquer tipo de médico se baseia em algum tipo de dor ou desconforto, ou seja, na necessidade da paciente. O mesmo vale para as consultas com o ginecologista.

Apesar de todo(a) ginecologista ser habilitado a atender qualquer demanda relacionada à sua especialidade, é cada vez mais comum vermos profissionais que se especializam em questões específicas da saúde ginecológica feminina, seja:

  • Acompanhamento de gestantes (obstetras);
  • Mulheres ou casais com dificuldade para engravidar;
  • Climatério e menopausa;
  • Endocrinologia ginecológica (questões hormonais);
  • Oncologia (casos de câncer);
  • Cirurgias ginecológicas, entre outras.

Identificando o(a) profissional mais adequado(a) às suas necessidades, torna-se bem mais fácil ter suas expectativas atendidas.

2. Considere recomendações de pessoas confiáveis

Um bom termômetro para avaliar o perfil e a forma de acompanhamento de determinado(a) profissional é ouvir a avaliação de quem já foi atendido por ele(a).

Naturalmente, devemos sempre considerar que cada pessoa tem expectativas diferentes e variadas formas de julgar a qualidade de um serviço ou atendimento, mas é sempre uma boa referência a se considerar, especialmente quando não sabemos nada sobre determinado(a) ginecologista.

3. Avalie também a clínica ou consultório 

Hoje em dia, boa parte das clínicas e consultórios médicos possuem sites e perfis nas redes sociais, onde podem ser encontradas várias imagens do ambiente e da estrutura, assim como dos equipamentos utilizados pelos profissionais. 

Outra forma que você tem para conhecer o local é fazendo uma visita rápida, mesmo que seja à recepção, pois de lá já é possível ter uma ideia das condições de higiene do local, do cuidado com o conforto dos pacientes e a qualidade do atendimento. 

Um problema que afeta muitas mulheres são as cólicas menstruais. Confira, neste artigo, dicas caseiras de como aliviá-las!

4. Avalie o perfil do profissional 

Hoje em dia,  diversas clínicas médicas – ou os próprios profissionais – disponibilizam, em sites ou perfis nas redes sociais, uma variedade de informações, conteúdos e até mesmo o CRM.

Aproveite esses recursos para conhecer um pouco mais sobre os profissionais, sua formação, tempo de experiência, qualificações, especialidades atendidas e até mesmo possíveis conteúdos que o profissional disponibiliza na internet, mostrando seu conhecimento e domínio da área. 

Além disso, por meio das redes sociais é possível ver comentários, recomendações e avaliações tanto dos profissionais quanto das próprias clínicas.

5. Avalie sua relação com o(a) ginecologista 

Para que as consultas médicas possam acontecer de forma segura e confortável para mulher, é importante que haja sintonia entre a paciente e o(a) profissional, particularmente em uma especialidade tão delicada quanto a ginecologia.

Por isso, além de todos pontos mencionados acima, é essencial avaliar também sua relação com o(a) profissional, como:

  • A clareza e a facilidade de comunicação com o(a) médico(a);
  • Se o(a) profissional te deixa à vontade para expressar seus sintomas e colocar suas necessidades durante os atendimentos;
  • Se a linha de tratamento do profissional te agrada, entre outros fatores.

 

Quer ainda mais informações sobre como escolher um bom ginecologista? Então confira este outro artigo do nosso Blog!

Quando procurar um ginecologista 

Outra questão importante, referente a essa especialidade, diz respeito à frequência com que devem ser realizadas as consultas e as razões para se consultar.

Tendo em vista que algumas mulheres podem não ter certeza quanto a isso, separamos algumas informações que podem ajudar.

Via de regra, se não houver nenhuma queixa ou problema específicos, o ideal é realizar consultas anuais. Porém, é sempre importante procurar o auxílio de um(a) ginecologista caso haja qualquer demanda relacionada à saúde do sistema reprodutivo da mulher, queixas sexuais ou mesmo das mamas.

Confira alguns exemplos de demandas que podem motivar essa consulta:

  • Irregularidades menstruais (fluxo excessivo ou reduzido);
  • Cólicas menstruais muito fortes e recorrentes;
  • Presença de corrimento amarelo e/ou com mau cheiro;
  • Dor ou incômodo durante as relações sexuais;
  • Sangramento fora do período menstrual;
  • Dor ao urinar, entre outras queixas desse tipo.

Quer conhecer mais razões que indicam procurar o(a) ginecologista? Então confira as informações deste outro artigo!

Que tipo de doenças o ginecologista trata?

Para uma compreensão ainda melhor da importância que esse especialista tem para o cuidado íntimo da mulher, que tal conhecer alguns dos principais problemas e doenças tratados por ele?

Na lista abaixo você confere alguns dos diagnósticos mais comuns.

  • Endometriose;
  • Mioma uterino;
  • Cistos no ovário;
  • Prolapso (flacidez) genital;
  • Disfunções sexuais;
  • Irregularidades menstruais;
  • Câncer de mama e de colo do útero
  • Infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), entre outras.

Quer saber como aliviar ou mesmo evitar alguns desses quadros clínicos? Então confira este outro artigo com dicas de saúde para a mulher moderna

Vale ressaltar que as consultas com o ginecologista não são importantes apenas para o diagnóstico e tratamento de doenças, mas também para a reposição hormonal e uso correto de métodos contraceptivos, como a pílula anticoncepcional e o DIU.

Ginecologista no DF? Procure a Clínica CLAF!

Agora que você já aprendeu tanto sobre a importância que este tipo de profissional tem para com a saúde da mulher, que tal uma indicação de ginecologista no DF?

Quando o assunto é ginecologia, a Clínica da Família (CLAF) é referência no Distrito Federal e Entorno.

Nosso trabalho busca aliar conforto, confiança e segurança, garantindo, para todas as nossas pacientes um acompanhamento médico de qualidade, com especialistas experientes e humanos.

Se você está em Brasília ou Entorno, agende online sua avaliação e venha cuidar da sua saúde conosco! 

QUERO UMA AVALIAÇÃO NA CLAF!

Também aceitamos diversos convênios. Acesse o link abaixo e veja se o seu convênio também está incluído!

CONVÊNIOS ACEITOS

Siga-nos também no Instagram, para receber mais dicas sobre saúde. Basta clicar neste link para acessar nosso perfil.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?