CLAF

Segunda a Sexta de 7h às 19h
Sábado de 7h às 12h

CLAF

(61) 3345-7679

Como escolher um ginecologista?

É importante que todas as mulheres a partir da sua primeira menstruação tenham um acompanhamento frequente — ao menos uma consulta por ano — com um médico ginecologista. Dentre os diversos motivos para essa necessidade, estão, por exemplo, o diagnóstico e o tratamento precoce de doenças

Para saber como escolher um médico ou médica que atenda às suas necessidades ao longo dos anos, acompanhe este artigo.

Feedbacks positivos da clínica e do(a) médico(a) em questão

Esta é uma primeira dica importante: busque por feedbacks de outras pacientes! Com uma rápida pesquisa na Internet, você encontrará opiniões positivas e/ou negativas de pacientes que já se consultaram onde você deseja. Sendo assim, você poderá entender mais sobre os pontos fortes e fracos de cada uma das suas referências.

Investigue os comentários e avaliações das redes sociais, as avaliações do Google e consulte o Reclame Aqui para se certificar de que está fazendo uma boa escolha.

Converse com amigas e familiares

Amigas ou familiares podem ter boas cartas na manga quando se trata de indicações. Afinal, não há indicação melhor do que a de alguém em quem você já confia, não é mesmo? 

Dessa forma, faça perguntas específicas sobre as suas expectativas e peça para que a sua amiga seja transparente ao abordar todos os pontos fracos e fortes da clínica e médico(a) em questão.

Alinhe suas preferências

Momentos e perfis diferentes podem exigir especialistas diferentes. Por exemplo, uma mulher que pretende engravidar em breve já pode se consultar com um ginecologista obstetra. 

Em outros casos, mulheres que desejam considerar métodos contraceptivos alternativos, devem alinhar suas preferências no momento de marcação de consulta, para avaliar se o especialista em questão tem a experiência necessária para acompanhá-la na decisão.

Seja como for, seja transparente quantos aos seus desejos e expectativas.

Estude o currículo dos médicos

Para que todas as suas necessidades sejam bem atendidas é importante que você conheça a experiência e qualificação do médico. De maneira geral, os sites das clínicas já possuem essas informações. 

Aqui na Clínica da Família, por exemplo, possuímos uma aba feita especialmente para quem quer saber mais sobre os nossos médicos. Lá o paciente pode encontrar informações como todas as funções dentro da clínica e as especialidades de cada médico. 

Conheça aqui os médicos e as médicas ginecologistas que trabalham na Clínica da Família.

Devo prosseguir com o acompanhamento com um só ginecologista? 

Não é obrigatório, claro. Afinal, diversos acontecimentos podem te motivar a querer mudar de médico. No entanto, é melhor prosseguir com o acompanhamento único de um médico de confiança, pois, além de se sentir mais confortável durante as consultas e exames, os resultados dos tratamentos podem ser mais eficazes, uma vez que o médico já conhece um pouco mais sobre o histórico da paciente.

Seja como for, é importante destacar que, caso não queira retornar a um médico, busque por outro o mais rápido possível para prosseguir com os tratamentos. A recomendação básica, como orientamos no início do artigo, é que mulheres após a primeira menstruação se consultem com um ginecologista anualmente.

Ginecologista em Brasília

Quando se trata de referência em ginecologia em Brasília, a Clínica da Família deve ser citada. Além de priorizarmos o conforto e prezarmos pela confiança de todos as nossas pacientes, a clínica possui um corpo clínico especializado e multidisciplinar. 

Estamos localizados no Centro Clínico Sul, Quadra SHLS 716, Conjunto L, Torre 1, Sala 06 e 08, Asa Sul, Brasília-DF. Será um prazer te receber em nossa unidade 😊 

Quer agendar a sua consulta com a CLAF agora mesmo? Clique aqui!

Ou, se preferir, entre em contato em (61) 3345.7679 ou 3245.1455 ou pelo WhatsApp (61) 9 9224.0208.

Powered By: Clínica da família