CLAF

Segunda a Sexta de 7h às 19h
Sábado de 7h às 12h

CLAF

(61) 3345-7679

Como um endocrinologista ajuda a emagrecer?

Apesar de ser extremamente importante para o tratamento de diversas condições de saúde, o endocrinologista não é um dos profissionais mais conhecidos.

Especializado no diagnóstico e tratamento das questões hormonais e metabólicas, esse profissional está habilitado a tratar desde disfunções da tireoide, diabetes, doenças autoimunes e até mesmo tumores que influenciam na produção de hormônios.

Porém, uma das mais frequentes demandas para o endocrinologista é o controle de peso, já que tanto o processo de ganho quanto de perda de peso corporal estão diretamente ligados a fatores hormonais.

Se você quer saber como o endocrinologista ajuda a perder peso e o que mais ele pode tratar, acompanhe as próximas linhas deste artigo!

Consulte o endocrinologista da CLAF!

O que faz o endocrinologista? 

Como dito brevemente acima, a principal área de atuação do endocrinologista é o funcionamento das glândulas produtoras de hormônios (ou sistema endócrino).

São os hormônios que regulam o ritmo do metabolismo corporal, ou seja, a velocidade em que ocorrem todos os processos do corpo, inclusive a utilização ou acúmulo das calorias consumidas, o que está diretamente relacionado ao ganho de peso ou emagrecimento.

Confira na imagem abaixo todo o sistema endócrino de homens e mulheres, que é responsável pela produção dos nossos hormônios:

Entenda mais sobre a especialidade de endocrinologia em Brasília-DF!

De uma forma geral, o endocrinologista avalia o funcionamento do corpo como um todo, buscando tratar ou prevenir possíveis disfunções ligadas à produção hormonal.  

Para se ter uma ideia de quão ampla é a atuação desse profissional, uma pesquisa feita pela Associação Americana do Coração, dos dos Estados Unidos, concluiu que pessoas com níveis mais altos de hormônios da tireoide no sangue são mais propensas a sofrerem de arritmia cardíaca, ou seja, alterações no ritmo de batimentos do coração, que pode ocasionar insuficiência cardíaca, desmaios e até derrame cerebral.

Por isso, a ação do endocrinologista não se limita apenas ao funcionamento das glândulas hormonais, mas no corpo como um todo, pois os hormônios podem influenciar todo o organismo.

Um metabolismo lento torna muito mais difícil emagrecer, além de tirar sua disposição. Confira 7 dicas práticas de como acelerar seu metabolismo!

Como o endocrinologista ajuda a emagrecer?

Como vimos, o ritmo do metabolismo corporal é o grande motor que define a velocidade dos processos em nosso organismo.

Provavelmente você já ouviu sobre a relação entre problemas de tireoide e o excesso de peso. Isso porque, ao produzir hormônios de forma insuficiente, a queima de calorias ocorre em um ritmo mais lento, favorecendo o acúmulo de gordura.

Por outro lado, também são comuns os casos de pessoas que perdem peso rapidamente, às vezes até sem querer. Isso se dá pelo motivo oposto: um metabolismo muito acelerado.

A principal ação do endocrinologista será a de investigar como está o equilíbrio hormonal do paciente e descobrir se o ganho de peso tem relação com seu sistema endócrino.

Conheça 7 sintomas de problemas na tireoide!

Para isso, o especialista pode avaliar hormônios como:

  • Insulina – Um dos hormônios mais essenciais para o funcionamento do nosso organismo, é responsável pelo transporte do açúcar do sangue para o interior das células, onde ele será utilizado como combustível. Caso exerça essa função de forma adequada, promove o acúmulo de gordura. Também é a carência desse hormônio que leva ao diabetes.
  • Grelina – Conhecido como hormônio do apetite, é um sinalizador para o cérebro de que é hora de buscar comida, além de regular o gasto calórico do corpo. Caso esteja desregulado, pode te fazer exagerar na comida. E isso a gente já sabe o que causa.
  • Cortisol – Também conhecido como o hormônio do estresse, é produzido nas glândulas adrenais, sendo responsável por despertar o senso de urgência e ação. Quando em excesso, pode aumentar a vontade de comer doce e também o acúmulo de gordura corporal.
  • Hormônio do crescimento – Gerado na hipófise, esse hormônio influencia desde a altura de cada um, até mesmo na quantidade de massa muscular e de gordura corporal. Caso sua função esteja alterada, todos esses aspectos podem ser prejudicados.

Veja como é feito a consulta com endocrinologista na CLAF! 

Cada um desses hormônios precisa estar dentro de certos parâmetros, para que haja um controle adequado do peso, tanto no ganho/manutenção de massa muscular quanto na queima de gordura corporal.

Para ter uma noção exata de como está o nível de cada um desses hormônios, o endocrinologista geralmente solicita a realização de exames laboratoriais, como exames de sangue.

Além disso, para entender o que pode estar influenciando esse equilíbrio hormonal, serão também avaliados fatores como idade, histórico familiar, questões de saúde, rotina física, hábitos alimentares, entre outros.

A partir do conhecimento de todas essas informações, o especialista terá condições de definir um plano de ação para buscar realinhar o chamado “eixo hormonal”.

Para isso, podem ser necessárias mudanças, como na alimentação, nas atividades físicas, rotina de sono e redução do estresse (no caso do cortisol). Em alguns casos, pode ser necessário também o uso de medicamentos que ajudem a reequilibrar o perfil hormonal.

Você sabe em quais momentos e por quais necessidades deve se consultar com esse profissional? Acesse este artigo para descobrir quando buscar um endocrinologista?

Para buscar o peso ideal, a consulta médica é fundamental!

Esperamos que ao final deste artigo, tenha ficado mais claro como um endocrinologista pode te ajudar a emagrecer.

Como vimos, a participação desse especialista é fundamental para quem busca ter um metabolismo equilibrado, e não tenha que ficar lutando eternamente contra uma tendência hormonal que sabota seus esforços de perder peso.

Quando você tem um perfil hormonal equilibrado, seu organismo tende a reagir de forma muito mais favorável aos exercícios físicos e metaboliza de forma mais rápida as calorias ingeridas, facilitando o ganho de massa magra e acelerando a queima de gordura corporal.

Porém, para isso é importante que você dê o primeiro passo, que é a consulta médica.

Nesse momento, considere a Clínica CLAF como sua opção.

Somos um espaço especializado nos cuidados com a saúde feminina e contamos com nutricionistas, endocrinologistas, ginecologistas, obstetras, angiologistas e, agora, também cardiologistas.

Se você está em Brasília ou Entorno, venha cuidar da sua saúde conosco! 

Você também pode gostar:

Dicas para comer melhor (mesmo nas férias)!

Como tratar a obesidade?

Powered By: Clínica da família