CLAF

Segunda a Sexta de 7h às 19h
Sábado de 7h às 12h

CLAF

(61) 3345-7679

Como evitar varizes: não perca essas 7 dicas!

As varizes são veias dilatadas provocadas pelo mau funcionamento das válvulas venosas. Elas são facilmente identificadas como veias azuladas ou avermelhadas, bem aparentes sob a pele, especialmente nas pernas. 

Outros sintomas, como inchaço, queimação e vermelhidão nos membros inferiores também costumam acompanhar essa condição de saúde, causando muito desconforto – físico e emocional – no dia a dia de boa parte das mulheres. 

Mas por qual motivo as varizes aparecem? É possível evitá-las? Acompanhe o artigo e descubra! 

Leia também:

Quais os riscos de não tratar as varizes?

Como ocorrem as varizes?

As varizes acontecem por problemas na circulação sanguínea, mais especificamente na etapa do retorno de sangue ao coração.

A baixa pressão gerada pelas válvulas das veias ou o enfraquecimento das paredes venosas pode ocasionar problemas nesse processo. Como resultado, as veias acabam não conseguindo levar de volta o sangue até o coração, que acaba ficando retido nas veias, causando as dilatações características das varizes.

Essa quantidade de sangue estacionada nas veias pode acabar extravasando para tecidos próximos, resultando em um processo inflamatório. 

Como evitar varizes?

Leia mais:

Conheça mais sobre as varizes

Qual a causa das varizes?

A principal causa das varizes é a genética. Caso sua mãe, avó ou parentes próximos apresentem o problema, suas chances são maiores de também desenvolvê-lo. 

A segunda causa mais frequente é a permanência por longos períodos em posturas estáticas, seja sentada ou de pé. 

O surgimento de varizes, porém, também pode ocorrer devido a outras causas, como: 

  • Idade: é mais prevalente em mulheres a partir dos 40 anos.
  • Climatério (menopausa) e início da puberdade: por causa das súbitas mudanças hormonais. 
  • Sobrepeso ou obesidade: aumenta a pressão nos membros inferiores e dificulta a circulação sanguínea. 
  • Sedentarismo: a fraqueza muscular e a baixa capacidade cardiovascular podem contribuir para o problema. 
  • Gravidez: devido ao aumento de pressão nos membros inferiores e do aumento da progesterona no sangue. 
  • Uso de anticoncepcionais: devido ao aumento da carga hormonal. 
  • Outros problemas circulatórios: como trombose, por exemplo. 

Identificar a causa para o aparecimento das varizes auxilia muito no diagnóstico e na prevenção, que deve ser feita sempre com o auxílio do médico angiologista, para melhores resultados. 

Leia mais:

Angiologista: quando e por que procurar um

Como evitar varizes: 7 dicas para ficar atenta!

As varizes podem ser tratadas por meio do uso de meias compressivas, mudanças de hábitos e até mesmo cirurgias vasculares. Mas, como quase tudo em relação à saúde, prevenção é o melhor tratamento.

Por isso, enumeramos algumas dicas para te ajudar a se prevenir contra o aparecimento das varizes.


1) Pratique atividades físicas

A prática de atividades físicas – especialmente caminhadas e corridas – ajudam a melhorar seu sistema cardiovascular, auxiliando para uma melhor circulação sanguínea por todo o corpo, inclusive na região das pernas. 

Além disso, atividades com peso, como a musculação, trazem fortalecimento muscular para as pernas. Músculos mais fortes auxiliam no bombeamento do sangue de volta para o coração.

Caso você não seja fã dessas atividades, procure aquela que melhor se adapte a seu perfil e a suas possibilidades de tempo e de acesso. O importante é manter o corpo em movimento, seja por meio da dança, ciclismo, natação ou seu esporte de escolha. 

Leia mais:

Dores e inchaço nas pernas: o que pode ser?

2) Movimente seu corpo também durante o trabalho 

O segundo maior motivo para o surgimento das varizes está associado a uma prática muito comum na vida de muitas mulheres: passar longas horas de pé ou sentada, se movimentando pouco.

Apesar de ser uma realidade um tanto difícil de se alterar, uma vez que são exigências do seu trabalho, essa realidade pode ser atenuada com práticas simples, como organizar seus materiais de escritório de forma que você se obrigue a mover-se para pegá-los, ou estabelecer pequenas pausas para se levantar e caminhar, sempre que possível.

Outra pequena mudança, mas que pode fazer diferença, é preferir usar as escadas em vez do elevador. O importante é garantir o máximo de atividade física possível para compensar as horas que você passa sentada.

Segundo um estudo do jornal inglês The Lancet, o ideal seria fazermos 1 hora de atividade física para compensar 8 horas de imobilidade no trabalho. Quantas horas você está fazendo atualmente?

3) Cuide da sua alimentação 

Não é segredo que adotar uma alimentação saudável pode trazer uma série de benefícios para sua saúde. 

A regra também se aplica ao sistema circulatório, que tende a funcionar melhor caso você mantenha uma dieta equilibrada, sem excesso de gorduras, açúcares, sal ou alimentos processados. 

Além disso, adicionar alimentos ricos em quercetina na sua dieta também pode dar um impulso adicional ao seu sistema circulatório, além de ajudar a prevenir infecções. Alguns exemplos de alimentos ricos neste flavonoide são: maçã, cereja, brócolis e cebola. 

Cuidar da alimentação também vai te ajudar a controlar o peso, prevenindo a obesidade, outro fator de risco para as varizes.

👉 Conheça tudo sobre varizes!

4) Fique de pernas pro ar e relaxe

Você sabia que manter as pernas elevadas por pelo menos 15 minutos ao dia pode diminuir as chances de desenvolver varizes? Isso acontece porque, nessa posição, o coração fica no ponto mais baixo que as pernas e, assim, a gravidade pode ajudar no retorno venoso do sangue. 

Incluir essa prática no seu dia a dia também pode te ajudar a combater inchaços e dores nas pernas, que são muito comuns ao fim de um longo dia de trabalho ou de estudos. 

O que causa varizes?

5) Cuidado com o salto alto

Sim, nós sabemos como os saltos altos ajudam a manter uma postura mais bonita e elegante. Ao mesmo tempo, quando usados em excesso, podem prejudicar a circulação e promover um acúmulo de sangue na área da panturrilha. Tudo isso aumenta as chances de desenvolver varizes. 

Se você deseja (ou precisa) usar salto alto em sua rotina, considere investir em saltos mais largos e um pouco mais baixos. 

Nada impede que você use aquele salto agulha que tanto gosta em festas ou quando sair à noite. 

Descubra como evitar varizes


6) Evite fumar

Dentre as milhares de substâncias presentes no cigarro, a nicotina está associada ao aumento da viscosidade do sangue. Isso dificulta o trajeto sanguíneo de volta para o coração. 

A nicotina também está associada a maiores chances de desenvolver trombose venosa e tromboflebites; além de diversas outras condições de saúde. 

7) Use meias de compressão

Você conhece as meias de compressão? Elas são meias elásticas mais apertadas na área do tornozelo e mais largas na parte de cima da perna.

Essas meias auxiliam no processo de circulação sanguínea, pressionando as veias para que elas bombeiem o sangue de volta ao coração com mais facilidade. Elas trabalham especialmente na prevenção das varizes. 

Mas fique atenta: não basta comprar e começar a usar. As meias de compressão vêm em diversos tamanhos, e o angiologista é o profissional indicado para indicar qual a melhor medida para você.

Leia mais:

Cirurgia vascular: quando e para quem é indicada?

Varizes – uma dica-bônus

Durante este artigo você pôde conhecer vários cuidados que você pode tomar para evitar varizes ou no mínimo minimizar bastante seus efeitos.

No entanto, um dos cuidados mais importantes que você pode ter na prevenção ou tratamento dos quadros de varizes é o acompanhamento com o angiologista. É esse o profissional indicado para avaliar e recomendar os melhores tratamentos para seu caso.

A CLAF tem um time de angiologistas especializados prontos para atender você. Nossa equipe de profissionais preparados e humanos estão sempre prontos a te avaliar com toda atenção e oferecerem os melhores tratamentos. 

Somos referência em saúde da mulher e contamos com uma equipe especializada de ginecologistas, mastologistas, obstetras, cirurgia vascular, endocrinologistas e angiologistas. 

Se você está em Brasília, agende online sua consulta e venha cuidar da sua saúde conosco.

Powered By: Clínica da família