CLAF

Segunda a Sexta de 7h às 19h
Sábado de 7h às 12h

CLAF

(61) 3345-7679

O que é a tireoidite e como ela afeta a sua saúde!

A glândula tireoide faz parte do chamado “sistema endócrino”, que é o conjunto de órgãos e glândulas responsáveis pela produção e secreção dos hormônios necessários para o funcionamento do nosso organismo.

Localizada na região do pescoço, a tireoide regula e influencia uma série de processos em nosso corpo, como a velocidade do metabolismo, o controle do peso, batimentos cardíacos,  sono e funcionamento do intestino. 

Diversos problemas podem afetar essa glândula, sendo um dos mais frequentes a tireoidite; uma doença inflamatória, que pode comprometer bastante seu funcionamento. 

Neste artigo vamos lhe mostrar o que é a tireoidite e como ela afeta a sua saúde.

Acompanhe!

Consulte o endocrinologista da CLAF!

O que é tireoidite? 

Tireoidite, na verdade, se refere a vários tipos de processos inflamatórios que podem afetar a tireoide, uma das mais importantes glândulas do nosso corpo, localizada na parte inferior do pescoço e responsável pela produção de importantes hormônios, como o T3 e o T4.

A depender do tipo de inflamação, pode provocar dor. Já em outros, pode alterar a produção hormonal da tireoide, levando a quadros de hipertireoidismo (aumento dos hormônios) ou de hipotireoidismo (redução dos hormônios). Geralmente o hipertireoidismo é temporário,  seguido de hipotireoidismo. 

A depender do tipo e caso não seja tratada em tempo, a tireoidite pode levar a um comprometimento irreversível da tireoide, tornando o(a) paciente dependente crônico de reposição hormonal.

👉 Saiba mais:

Conheça 7 sinais de problemas na tireóide

Como Cortar a Menstruação Rápido?

Principais causas e sintomas da tireoidite

A inflamação da tireoide pode ser um resultado de diferentes problemas, que vão desde doenças autoimunes, questões genéticas,  ou mesmo o uso de alguns tipos de medicamentos que podem interferir no funcionamento da glândula.

Os sintomas variam de acordo com o tipo de tireoidite e a gravidade da inflamação.

Como vimos acima, a tireoidite pode provocar dor ou pode alterar a produção hormonal, levando a sintomas típicos do hipo ou hipertireoidismo, como:

  • Cansaço persistente ou agitação excessiva.
  • Ganho de peso ou emagrecimento rápido.
  • Palpitação.
  • Tremores.
  • Enfraquecimento das unhas.
  • Constipação.
  • Insônia.
  • Ansiedade.

👉 Confira na ilustração abaixo como a tireoide influencia em diversas funções do nosso organismo.

Veja como é feito a consulta com endocrinologista na CLAF! 

Conheça os diferentes tipos de tireoidites

Nos tópicos abaixo você confere, em detalhes, os principais tipos de tireoidites, suas características e sintomas.

1. Hashimoto 

A tireoidite de Hashimoto é o tipo mais comum da doença. Ela é caracterizada como um problema autoimune, que – se não tratado – pode levar à completa destruição da tireoide. Ela é oito vezes mais comum nas mulheres  do que nos homens, e tem  relação familiar.

Os pacientes podem passar um longo período com a doença sem apresentar sintomas, e quando surgem , são : rouquidão,  pele seca, sonolência e aumento do peso. Algumas pessoas podem  referir um incômodo ou dor discreta  na região da glândula. 

2. De Quervain 

Também chamada de subaguda, a tireoidite de De Quervain se dá por uma inflamação intensa  da tireoide, causada, na maioria dos casos, pela ação de determinados tipos de vírus.

Seus sintomas incluem quadros de febre , dores na região da glândula, fraqueza,  sudorese e palpitações. 

Na maioria dos casos, a recuperação é completa após 2 a 3 meses , mas a tireoidite pode evoluir para um hipotireoidismo permanente.

3. Tireoidite pós parto. 

Também causada por anticorpos que atacam a glândula, acomete mulheres até 1 ano após o parto. 

Nestes casos, a doença costuma durar de um a dois meses, apresentando sintomas como inchaço no pescoço, enfraquecimento das unhas e cabelos, dores, entre outros.

Na maioria dos casos, as pacientes com esse problema se recuperam de forma espontânea, mas vale a pena buscar uma avaliação médica.

4. Riedel

Também conhecida como fibrótica, a tireoidite de Riedel é uma variação da doença, causando uma inflamação do tecido tireoidiano, que causa uma formação de fibrose , um tecido endurecido , que invade os músculos vizinhos. 

Esta doença causa um aumento da glândula,  com sensação de peso no pescoço e dificuldade para engolir. 

É  mais comum nas mulheres em torno dos 40 a 50 anos. 

Como diagnosticar 

Para o diagnóstico da tireoidite, o primeiro passo é a consulta médica com um(a) endocrinologista, na qual será feita uma avaliação física, em busca de possíveis inchaços ou alterações, além da avaliação do histórico do paciente.

Em seguida, costuma ser solicitada a realização de uma ultrassonografia da tireoide com dopplerfluxometria , além de exames laboratoriais para avaliar os níveis dos hormônios tireoidianos, como T3, T4 e TSH, e dosagem de anticorpos antiperoxidase e antitireoglobulina .

Caso sejam levantadas suspeitas com esses exames – para tireoidite ou outros problemas – ainda é possível solicitar a realização de uma biópsia, com coleta de amostra da glândula para análise em laboratório de patologia.

👉 Veja também
Quando consultar um endocrinologista?

Problemas na tireoide: procure a Clínica CLAF

Agora que você já sabe o que é a tireoide e como ela afeta a sua saúde, que tal pensar quando foi a última vez que você se consultou com um endocrinologista?

Este é o profissional habilitado a te ajudar na prevenção, diagnóstico e tratamento dos problemas relacionados à tireoide e de várias outras questões hormonais e metabólicas. Neste artigo você conhece tudo o que esse(a) profissional trata.

Para agendar sua avaliação com um(a) endocrinologista, considere a Clínica CLAF como sua opção!

Somos especializados em saúde feminina e dispomos de endocrinologistas, ginecologistas, endocrinologistas, cardiologistas, angiologistas e mastologistas; tudo num ambiente confortável e acolhedor. 

Se você está em Brasília ou Entorno, clique no link abaixo e agende seu atendimento conosco!

QUERO AGENDAR MINHA AVALIAÇÃO NA CLAF

Powered By: Clínica da família